10 fevereiro, 2008

Sectarismo cansado e sem futuro

Líder da Autoeuropa vetado pelo PCP para o Congresso da CGTP. António Chora, coordenador da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa e militante do Bloco de Esquerda, não passou na triagem para a lista para o Conselho Nacional, a ser votada pelo congresso de 15 e 16. Controlada pelo sector mais ortodoxo do PCP, a direcção daquele sindicato excluiu o nome de Chora, quer como delegado, quer como potencial membro do Conselho Nacional. António Chora fala mesmo de "veto político" e recusou o convite para assistir ao congresso dos próximos dias 15 e 16. A Autoeuropa representa 20% dos filiados no sindicatos dos metalúrgicos, um valor que sobe para mais de metade se lhe somarmos as empresas do parque industrial de Palmela. Nenhum dos seus dirigentes conseguiu lugar nos cinco nomes do sindicato que fazem parte da lista candidata ao Conselho Nacional da CGTP.

O problema não é só António Chora ser do Bloco de Esquerda. À frente da Comissão de Trabalhadores da maior fábrica em território nacional, negociou um acordo em que aceitou trocar dias de trabalho e metas de produtividade pela garantia dos postos de trabalho e de investimento futuro na empresa. O acordo foi um sucesso e tornou-se mesmo uma referência internacional. Ninguém foi despedido e, depois de dois anos de congelamento salarial, os aumentos têm sido bem superiores à inflação. A empresa continua em Portugal e tem assegurada a produção para um par de anos, investindo mais 500 milhões de euros.

O sindicato dos metalúrgicos, e os sectores mais ortodoxos do PCP, nunca lhe perdoaram o acordo. Consideraram-no uma cedência. Ao contrário da Autoeuropa, onde sempre fizeram campanha contra a comissão de trabalhadores e contra António Chora, o seu modelo foi o que foi seguido na Opel da Azambuja. Quando a administração da GM propôs um acordo semelhante ao que vigorava em Palmela, lançaram a empresa numa série de greves inconsequentes até que, em referendo, os trabalhadores recusarem a estratégia da Comissão de Trabalhadores e aceitarem o acordo proposto pela empresa. Só que, por essa altura, alguém com maior sentido negocial já tinha aceite um acordo mais favorável à GM em Saragoça. O acordo podia não ter resultado e evitado a deslocalização da Opel, é certo, mas a casmurrice de sindicalistas que tentam combater o capitalismo globalizado do século XXI com as estratégias do século XIX, traçou inapelavelmente o destino 1200 trabalhadores.

É este o modelo sindical que não suporta exemplos como o de António Chora. Cansado e velho, acumula derrotas e acrescenta desesperança à classe trabalhadora que diz representar, enquanto continua sentado há mais de 20 anos nos gabinetes dos sindicatos. António Chora ficou de fora. Em seu lugar entrou Manuel Bravo, antigo delegado sindical da Merloni, uma empresa deslocalizada vai para mais de 3 anos. De então para cá é funcionário do sindicato dos metalúrgicos.

35 comments:

abrasivo disse...

Individualizar a questão da exclusão de António Chora é ignorar a realidade do sindicalismo em Portugal e, particularmente, da CGTP.
É ignorar que a diversidade existente no seio da CGTP só existe desde que não seja posta em causa a hegemonia da corrente maioritária, e que as correntes minoritárias se limitam a desempenhar o papel secundário que a corrente maioritária lhes permite, com receio de perderem uma representatividade, apesar de tudo honorífica, nos órgãos dirigentes da Central.
Tem sido assim ao longo dos anos e parece que vai continuar a ser.
A alternativa de esquerda insiste em não o ser e, receosa de momentaneamente perder as migalhas que vão caindo do banquete, adia a sua afirmação e hipoteca a credibilidade do sindicalismo em Portugal.
Por isso, à esquerda não adianta chorar.

josé manuel faria disse...

Um funcionário tem sempre mais experiência de trabalho que um trabalhador!

almada disse...

A vossa estratégia de resistencia ao capitalismo, passa por ir de cedencia em cedencia, alinharem na estratégia dos neo-liberais.

Quanto à eleição para o congresso da CGTP, convém não esquecer que os sindicatos têm regras democráticas para eleger os seus representantes.
Custa-lhes assim tanto perceberem isso?

Anónimo disse...

Se são assim tantos e se representa tanta gente, porque não começa o Chora a mobilizar colegas para o sindicato, faz uma lista e, ao que parece, naturalmente, ganha! Basta colocar as ideias a votos. Se a maioria concordar, ele ganha. Se não concordar, perde. Chama-se democracia.

Ah! Pois! Dá mais trabalho do que simplesmente integrar listas já feitas, com propostas já pensadas e redigidas em noites inteiras de trabalho gratuito já realizadas por outros... E depois de deixar os outros fazer o trabalho todo, se não o incluirem faz um choradinho, que os jornais prontamente e com alarde, publicitam de sectarismo à la PCP!

João Pedro Delgado

Pedro Sales disse...

Almada,

Se considerar que a nomeação dos delegados ao congresso pela direcção sindical, sem consultar os trabalhadores, é um método democrático, então sim, tem razão. Mas para mim democracia é outra coisa e passa por uma regra simples: uma pessoa um voto e decide-se nas urnas.

Anónimo disse...

Caro Pedro Sales:

Exacto.

Se se der ao trabalho de ir às reuniões do Sindicato, aperceber-se-á que os representantes são votados democraticamente, nas condições que invoca.

Sabe o que é ridículo no ódio de esquerda ao PCP? É que sente-se ressabiamento e inveja por todo o lado. Segundo o BE e o Sócrates, toda a agitação, todos a acção sindical, toda a greve, toda a contestação, se deve ao PCP. Ao que parece, tendo o PCP uma mão tão omnipresente e tão pesada, irá ganhar as próximas eleições com maioria absoluta!

JP

Pedro Sales disse...

Caro João Pedro Delgado,

O António Chora tem ganho as eleições na CT da Autoeuropa, onde trabalha, e para a qual até votam mais trabalhadores do que para as eleições do sindicato. E, já agora, com resultados mais significativos para a empresa e para o país do que os conseguidos pelo sindicato, cujos métodos derem no bonito resultado que se conhece na Azambuja - a começar pela rejeição da estratégia sindical. Deve dar que pensar, não é?

Fernanda Valente disse...

«a casmurrice de sindicalistas que tentam combater o capitalismo globalizado do século XXI com as estratégias do século XIX»

Só não vê quem não quer ver.
Pena é que a nossa comunicação social não dê mais destaque a estes temas...

Paulo Mouta disse...

Caro Pedro Sales,

são duas coisas diferentes as eleições para uma comissão de trabalhadores na qual está representado o universo dos trabalhadores de uma empresa ou conjunto de empresas, e a eleição para orgãos de um sindicato. Provavelmente a grande maioria dos trabalhadores da Autoeuropa não são sequer sindicalizados, logo a posição do sindicato na sua prepresentatividade real junto dos trabalhadores é sempre menor. Mas nem é aí que está a questão. O problema é que os representantes de determinado sindicato podem ter uma postura (e esta ser igualmente democrática) diferente daquela que a CT tem, isto porque o universo eleitoral é outro completamente diferente qualitativa e quantitativamente.

Em relação às estratégias não será nem tanto ao mar nem tanto à terra, mas é evidente que existe uma inflexibilidade perigosa por parte de uma linha sindical mais dura que pode prejudicar gravemente o interesse dos trabalhadores. Claro que a ideia de que se deve capitular até à vitória final também não é a solução ideal, contudo é dificil ter trabalho sem empresas e lutar por melhores condições onde não existem nenhumas. A Autoeuropa representa já 1% do PIB e com os novos projectos (EOS e Sirocco) e futuros programados (Polo) poderá mesmo a representar 4% do nosso PIB. Virar as costas a isto não é lutar contra o capitalismo mas sim condenar a mais pobreza.

Os trabalhadores e as suas comissões de trabalhadores, que a bem da verdade são menos politizadas que os sindicatos são quem deve ter nas mãos a decisão do seu proóprio destino. E os governos são responsáveis pela forma como incentivam quem se instala por cá e como punem (ou deveriam punir) quem abandona o país.

Por esse prisma o post do Pedro é inteiramente legítimo. Mas não querendo abusar ou seuqer pretender ter poderes adivinhatórios, acredito que muitos militantes comunistas optariam pessoalmente por um acordo do tipo do que foi alcançado na Autoeuropa à condenação ao desemprego. É certo que de precedente em precedente abrem-se as portas de dias cada vez mais cnzentos, mas, mais uma vez, não há postos de trabalho onde não existem empresas.

Só para terminar gostaría de entender porque razão os próprios ocnsumidores não tomam uma atitude activa no incentivo e na punição das empresas e marcas. Com a atitude da Autoeuropa deveriamos consumir mais dos seus produtos. Com a atitude da GM deveriamos boicotar os seus produtos e principalmente os modelos que aqui eram produzidos deveriam mesmo deixar de ser consumidos. É asism que se pode intervir quando os governos não têm tomates.

Quanto ao PCP nãopenso que tenha aqui havido uma atitude de sectarismo, no entanto também não ponho essa hipótese de lado. Este grande partido peca por vezes por se fechar demasiado ao que de novo vai soprando por este mundo fora. E é pena. A nível da organização interna tem muito que mudar se quiser sobreviver. Não é a ideologia mas sim a orgãnica que vai delapidando este partido.

Pedro Sales disse...

Paulo Mouta,

1. Trabalham na Autoeuropa 20% dos funcionários sindicalizados nos Metalúrgicos. Se juntarmos as empresas do parque industrial são mais de metade. Não foi só o António Chora que ficou de fora, foram metade dos filiados que se viram sem representação.

2. Claro que há imensa gente do PCP que não se revê nestes procedimentos, a começar por imensos trabalhadores da Autoeuropa.

Caro JP,

Não, não há eleições nas reuniões do sindicato para escolher os delegados e os nomes propostos para a direcção da CGTP. São nomeados pela direcção do sindicato, o que é bem diferente e de duvidosa democraticidade.

Joaquim disse...

A CGTP defeniu regras e critérios para a elaboração da lista para o Conselho nacional. Compete á direcção do sindicato indicar os nomes que o devem representar no CN da CGTP.Isso foi feito e a lista aprovada tendo sido tomada em consideração a necessidade de manter uma paridade, um arenovação e uma representaividade por sectores e por regiões como a ctual.
O que António Chora fez foi uma vez que o seu nome nem sequer havia sido proposto pelo seu Partido tentar entrar por via de um abaixo assinado com uma duzia de nomes dos quais constavam 2 filiados na UGT e dirigentes de sindicatos a ela afectos e por um ex dirigente do sindicato dos metalurgicos que não teve vergonha em arvorar essa sua antiga condição apesar de ter pedido a demissão da mesma e de não participar em qualquer actividade sindical há anos.
Interessa sobretudo perguntar por que teria o Chora de ir para o conselho nacional da CGTP?
Acaso é coordenador da CSindical? acaso é mebro da sua comissão executiva? acaso é membro da direcção sindicato?
Assinou acordos coma a empresa que são exemplos nacionais mas que mais ninguem aplica, e daí? acaso a CT da Autoeuropa não é composta por 11 trabalhadores 9 ou 10 dos quais são filiados no sindicato afecto á CGTP e algunas são seus dirigentes ou delegados sindicais e mebrosd a direcção nacional da FIEQUIMETAL.
Foram assinados acordos mas todos estiveram á mesa das negociações e todos contribuiram para o resultado final das mesmas e não é copnhecido nenhum documento das estruturas sindicias onde estão filiados a criticar esses mesmos acordos.
Porque o Chora se nunca perdeu a oportunidade ele sim de escrever que os sindicalistas são imobilistas, retrogados, ultrapassados, ortodoxos e tudo o mais que a direita tambem diz? Mas se os sindicalistas são assim por que é sindicalista e porque faz tanta questão em exigir um lugar num orgão da CGTP?
Talvez a Autoeuropa devesse estar representada nesse orgão mas por todas as razãoes e mais alguma existem outros trablhadores na empresa a quem essas tarefas ficariam melhor entregues mesmo dentro do partido em que o Chora milita.

Pedro Sales disse...

Joaquim,

De acordo. Não tinha que ser o António Chora, mas não deixa de ser estranho que ninguém da Autoeuropa, ou do parque industrial, tenha lugar, quando representam mais de metade dos filiados do sindicato. Mas isso só vem reforçar o que pretendi dizer. O que afastou o Chora não foi o ser do Bloco, foi o acordo, razão pela qual ninguém da CT da Autoeuropa entra, sejam eles do Bloco ou não.

Joaquim disse...

Se o conselho nacional da CGTP fosse composto por representantes das principais empresas seria justificável que tivesse de ter lá algum representante da Autoeuropa. Levado ao extremo este critério tambem seriam os representantes das maiores empresas a ocupar os principais lugares da estrutura , logo o secretário geral sera da REN ou da PT ou da Galp mas não é assim. Devem lá estar os melhores sindicalistas, os mais capazes para defender e conquaistar os direitos e regalias dos trabalhadores. Eu pertencia á comissão executiva da CT e assinei em 2003 o celebre acordo dos down day. Eu já era então dirigente do Sindicato e da Fequimetal e hoje continuo dirigente da FIEQUIMETAL . O José Carlos tambem é dirigente da FIEQUiMETAL e membro da CT .Quer o Gilmar, o Messias, o Cordeiro, O manuel martins são ou foram igualmente dirigentes ou delegados sindicias que passaram pela CT nesses periodos. Estou em condições de lhe assegurar que houve grande compreensão dos responsáveis sindicias pelo acordos conseguidos, mas não se exiga que se concorde com tudo só por que o Chora acha que foi a maior maravilha do mundo:Defendemos postytos de trabalho é certo mas já fomos mais de 4000 e hoje somos menos de 3mil.Passámos anos sem termos aumentos efectivos do poder de compra e vendemos direitos nomeadamente o deixar de ganhar 200% nas horas extras ao sábado para passar a ganhar metade.
Nem tudo é perfeito mas quando a direcção dicide convidar um delegado sindical para delegado ao congresso por que le representa a mesma linha sindical e partidária do Chora mas além disso ainda pertence á executiva da Comissão sindical e tem participado em quase todas as reuniões do orgão recebe a resposta de que ou vai op Chora ou não vai ninguem há-de convir que a perfeição está um pouco arredia e cheira a chhantagem que não parece ser aceitável.

JD disse...

Com que mantos diáfanos tentam cobrir a realidade! O que ganha o sindicalismo português em ter o coordenador da CT da AutoEuropa fora do Congresso? O contrário é que seria de esperar, que a direcção nacional da CGTP se empenhasse em ter o Chora, e muitos outros sindicalistas que trabalham nas fábricas e não apenas nos sindicatos, a discutir as questões sindicais e laborais. Se se está de acordo com o que o Chora defende ou não, isso é outra conversa, faria parte dos debates no Congresso, pq assim o que se pretende é abafar o debate. Quem conhece o PC, sabe como foi: lá deixaram (?) o Carvalho da Silva mas na medida do possível isolado entre os puros.

Joaquim disse...

O sindicalismo ganha o mesmo que deixar o faleiro que é coordenador da comissão sindical de fora, o gabriel que é da comissão ececutiva do sindicato de fora; o manuel martins que +é da executivas da comissõ sindical e substituto do chora enqyuanto coordenador da CT; o escoval que é da direcção nacional da Fiequimetal >; o Zé carlos que é da direcção nacional da Fiequimetal e porta voz da CNS e tanto outros muitos milhares que não vão pertencer aos 147 do conselho nacional mas que todos os dias fazem o melhor que sabem e podem nos locais de trabalho e nos sitios, sindicatos, uniões , federações etc e ainda por cima não passam a vida a dar entrevistas a dizer que os demais são imobilistas , ortodoxos , fundamentalistas e , burocratas retrógados etc.
Se reparar quem assim fala está a tempo inteiro na CT não faz qualquer trabalho há muito mais mais que 6anos, não pega em qualquer ferramenta há o mesmo tempo e não tem qualquer chefe a tempo ´pressioná-lo como aos restantes trabalhadores logo é tanto burocrata como os outros que tanto critica mas cujo grupo faz tanta questão de integrar.

Anónimo disse...

é mesmo à PCP, só entra quem eles escolherem. De resto não vale. Não se podem levantar ondas. As listas fazem-se com as pessoas que eles entendem. É esse o critério da máxima importância.

Joaquim disse...

Nos partidos não entram só quem eles querem? Nas empresas não são admitidos só quem eles querem? nas colectividades não existe o direito de não aceitar alguns para sócios? Talvez no Bloco seja diferente não sei talvez lá esteja PS ou PSD contra a vontade dos restantes. Mas há uma diferença, na CGTP foi estabelecido um principio equilibrio e que continua a ser respeitado.Tanto quanto sei esse equilibrio mantem-se , as diversas correntes de opinião foram consultadas e a lista para o conselho nacional teve isso em conta, no caso da corrente do BE mantem-se com a senhora deputada Mariana Aiveca a continuar a ter assento no conselho nacional.O importante não são os nomes meu amigo mas as politicas e aí há um facto demosstrativo da democraticidade da CGTP: o programa de acção a propor ao sindicato mereceu a unanimidade do conselho nacional.O resto é fogo fátuo, vaidades, ambições e algum antocomunismo á flor da pele.

mn disse...

... de repente o sr. pedro sales deixou de comentar os post's do joaquim.... faltou-lhe o pio.... não, faltaram-lhe os argumentos

Anónimo disse...

Muitos destes comentários são verdadeiramente extraordinários !

Eu pensava que este fim de semana ia decorrer o Congresso de uma central sindical - a CGTP - mas alguns falam e reivindicam um lugar para uma pessoa - o Chora - como se fosse decorrer um Congresso das Comissões de Trabalhadores.

Ora estas, têm óbvias afinidades com os sindicatos mas têm natureza, autonomia e fisionomia próprias.

Pode-se ser o melhor Presidente de uma Comissão de Trabalhadores e ter muito pouca ou nenhuma integração na actividade do respectivo sindicato

E nesse caso, tratando-se de um Congresso de Sindicatos, porque raio é o Chora teria à viva força de ser proposto para o Conselho Nacional da CGTP?

Quanto ao «endeusamento» do Chora e da CT da Auto-Europa haja sentido das proporções.

É que uma coisa é, como resultado da correlação de forças, do medo do desemprego e sob uma espécie de «estado de necessidade», os trabalhadores terem de fazer certos acordos que voluntariamente em principio não desejariam.

Outra coisa, e é o que têm feito o Chora e Bloco de Edsquerda é transformar estes acordos porventura «necessários» nas circunstâncias actuais em grandes modelos gerais a seguir de relações patronato-trabalhadores.

Eu já ouvi muito paleio sobre as excelências dos acordos entre a CT e a Administração da Auto-Europa.Mas há alguém capaz de me explicar se algum deles prevê que, quando a Wolkswagen tiver lucros significativos, uma boa parte deles vai para compensar os trabalhadores (portugueses e outros) dos sacrificios e perdas de direitos que tiveram de sofrer nas épocas de «crise» ?

C Caxias disse...

E aí pessoal quem quiser fazer downloads de filmes gratuitamente e ficar por dentro dos lançamentos de 2008 acessem o site: www.fuull.com

Anónimo disse...

tibia money tibia gold tibia item runescape accounts buy runescape accounts runescape money runescape gold runescape gp runescape power leveling runescape powerleveling cheap rs2 powerleveling runescape equipment buy rs equipment runescape runes cheap rs2 runes runescape logs cheap rs2 logs runescape items buy runescape items runescape quest point rs2 quest point cheap runescape questpoint runescape gold runescape items runescape power leveling runescape money runescape gold buy runescape gold buy runescape money runescape items runescape accounts runescape gp runescape accounts runescape money runescape power leveling runescape powerleveling tibia gold dofus kamas buy dofus kamas wow power leveling wow powerleveling runescape questpoint rs2 questpoint Warcraft PowerLeveling Warcraft Power Leveling World of Warcraft PowerLeveling World of Warcraft Power Leveling Hellgate money Hellgate gold buy runescape logs buy rs2 items cheap runescape items Hellgate London gold Guild Wars Gold buy Guild Wars Gold runescape items rs2 accounts cheap rs2 equipments lotro gold buy lotro gold buy runescape money buy runescape gold buy runescape runes lotro gold buy lotro gold runescape money runescape gold cheap rs2 powerleveling eve isk eve online isk buy runescape power leveling rs2 power leveling tibia gold tibia item runescape accounts Fiesta Silver Fiesta Gold SilkRoad Gold buy SilkRoad Gold Scions of Fate Gold Hellgate Palladium Hellgate London Palladium SOF Gold Age Of Conan Gold AOC Gold ArchLord gold tibia money tibia gold runescape accounts runescape gold cheap rs2 powerleveling buy ArchLord gold DDO Plat Dungeons and Dragons Online Plat

Anónimo disse...

Welcome to our company which sells all kinds of dofus kamas, very cheap kamas, and the more cheap kamas. If you have to buy dofus kamas, please come to our company, we can give you the best dofus gold and best service.

Welcome to our company which sells all kinds of eve isk , very cheap eve online isk , and the more cheap eve isk . If you have to buy isk , please come to our company, we can give you the best gold and best service to buy eve online isk .

Welcome to our company which sells all kinds of cabal online alz, very cheap cabal alz, and the more cheap cabal gold. If you have to buy cabal alz, please come to our company, we can give you the best cabal money and best service.

Welcome to our company which sells all kinds of holic gold, very cheap holic money, and the more cheap holic gold. If you have to buy some holic online gold, please come to our company, we can give you the best holic online money and best service.

Welcome to our company which sells all kinds of maple mesos, very cheap mesos, and the more cheap mesos. If you have to buy some maplestory mesos, please come to our company, we can give you the best maple story mesos and best service.

Welcome to our company which sells all kinds of Sword of the New World Vis, very cheap Sword of the New World Gold, and the more cheap snw vis. If you have to buy vis, please come to our company, we can give you the best Sword of the New World money and best service.

Welcome to our company which sells all kinds of FFXI Gil, very cheap FFXI gold, and the more cheap Final Fantasy XI Gold. If you have to buy FFXI Gil, please come to our company, we can give you the best Final Fantasy XI gold and best service.

Welcome to our company which sells all kinds of ro zeny, very cheap ragnarok zeny, and the more cheap zeny. If you have to buy some iro zeny, please come to our company, we can give you the best ragnarok online zeny and best service.

Anónimo disse...

I miss the eve isk because i like to meet it. I want to earn the eve online isk to make me strong. I also want to buy isk because I want to give my friends a lot of cheap eve isk, so i have to try my best to get more and more and then i can buy eve online isk to add my stock to have enough money to give my friends.

Anónimo disse...

When you have second life linden, you will become strong. With cheap linden, you can upgrade and admire by others. You can use linden dollars to start the journey of the world. So, do not hesitate, let us move to buy lindens, and then you can get a lot of secondlife money.

Anónimo disse...

Yesterday, my boyfriend gave me a lot of Pirates of the Burning Sea Gold
I regard the buy potbs Doubloon as the gift to return him.
The potbs gold is attractive
I have plenty of the potbs Doubloon. so I use the potbs moneywith him together.

Anónimo disse...

aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold
aoc gold

Anónimo disse...

I am so happy to get some goonzu gold and the goonzu money is given by my close friend

who tells me that the cheap goonzu gold is the basis to enter into the game. Therefore, I should buy goonzu gold with the spare money and I gain some goonzu online gold from other players.

Anónimo disse...

Once I played angels, I did not know how to get strong, someone told me that you must have angels gold. He gave me some angels online gold, he said that I could buy angels gold, but I did not have money, then I played it all my spare time. From then on, I got some cheap angels online gold.

Anónimo disse...

看房子,買房子,建商自售,自售,台北新成屋,台北豪宅,新成屋,豪宅,美髮儀器,美髮,儀器,髮型,EMBA,MBA,學位,EMBA,專業認證,認證課程,博士學位,DBA,PHD,在職進修,碩士學位,推廣教育,DBA,進修課程,碩士學位,網路廣告,關鍵字廣告,關鍵字,廣告,課程介紹,學分班,文憑,牛樟芝,段木,牛樟菇,日式料理, 台北居酒屋,燒肉,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,住宿,訂房,HOTEL,飯店,造型系列,學位,牛樟芝,腦磷脂,磷脂絲胺酸,SEO,婚宴,捷運,學區,美髮,儀器,髮型,牛樟芝,腦磷脂,磷脂絲胺酸,看房子,買房子,建商自售,自售,房子,捷運,學區,台北新成屋,台北豪宅,新成屋,豪宅,學位,碩士學位,進修,在職進修, 課程,教育,學位,證照,mba,文憑,學分班,網路廣告,關鍵字廣告,關鍵字,SEO,关键词,网络广告,关键词广告,SEO,关键词,网络广告,关键词广告,SEO,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,居酒屋,燒烤,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,小套房,小套房,進修,在職進修,留學,證照,MBA,EMBA,留學,MBA,EMBA,留學,進修,在職進修,牛樟芝,段木,牛樟菇,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,住宿,民宿,飯店,旅遊,美容,美髮,整形,造型,設計,室內設計,裝潢,房地產,進修,在職進修,MBA,EMBA,關鍵字排名,網路行銷,关键词排名,网络营销,網路行銷,關鍵字排名,关键词排名,网络营销,羅志祥,周杰倫,五月天,蔡依林,林志玲,羅志祥,周杰倫,五月天,蔡依林,林志玲,PMP,在職專班,研究所在職專班,碩士在職專班,PMP,證照,在職專班,研究所在職專班,碩士在職專班,網頁設計,網站設計,網頁設計,網站設計,网页设计,网站设计,网站设计,网页设计

Anónimo disse...

福~
「朵
語‧,最一件事,就。好,你西.............................................................................................................
..................

Anónimo disse...

福~
「朵
語‧,最一件事,就。好,你西.............................................................................................................
..................

disse...

提供google排名产品,包括google排名服务,众多的google排名信息、google排名咨询,尽在google排名网。
角钢货架,万能角钢货架,南京货架
轻型货架,北京货架,托盘包装
中型货架,中量型货架,置物柜
重型货架,重型仓储货架,上海货架
托盘货架,上海货架厂,小推车
横梁货架,横梁式货架,塑胶托盘
阁楼货架,阁楼式货架,货位式货架
密集架,深圳货架厂,推车
悬臂货架,悬臂式货架,广州货架厂
贯通货架,贯通式货架,卡板
通廊式货架,深圳货架,苏州货架
驶入式货架,广州货架,浙江货架
流利条,天津货架,沈阳货架
江苏货架,无锡货架,天津木托盘
杭州货架,宁波货架,熏蒸木托盘
济南货架,青岛货架,蜂窝纸托盘
重庆货架,广东货架,食品托盘
货架公司,成都货架,塑料卡板
货架厂,货架设计,货架设备
仓储货架,货架厂家,货架网
移动货架,移动式货架,货架制造
货架加工,货架配件,生产货架
服装货架,货架制作,销售货架
货架价格,货架图片,展示货架
仓库货架,库房货架,精品货架
图书货架,音像货架,百变货架
物流货架,商场货架,线棒货架
东莞货架,设备货架,不锈钢货架
抽屉式货架,重力式货架,立体货架
模具架,钢平台,档案密集架
超市货架,收银台,超市设备
线棒,仓储物流设备,园林垃圾桶
塑料垃圾桶,上海物流设备,药品柜
分类垃圾桶,物流设备有限公司,陪护椅
垃圾桶,物流设备公司,医用消毒柜

virstock.com disse...

Dofus Kamas|Prix Moins Cher Dofus Kamas|Kamas par allopass|Dofus kamas audiotel|Dofus kamas par telephone sur Virstock.com

Meilleur prix dofus kamas stock de dofus kamas

Prix moins cher dofus kamas
vente dofus kamas sur www.virstock.com

Kamas par allopass sur dofus kamas

Dofus kamas par telephone sur dofus kamas

Dofus kamas audiotel sur dofus kamas

http://www.virstock.com/jsp/comments.jsp dofus kamas vente

Le meilleur Blog sur Dofus Kamas MMORPG,trouver des astuces dofus kamas surdofus kamas

http://www.virstock.com

贝贝 disse...

The Tax Return Crack-Up<3>
Granted, there are usuallyMicrosoft Office 2010write-ups when presidential contenders make their tax returns available, but the coverage falls far short of the Office 2010
full court press (pardon the pun) that the Clintons have received. What's Microsoft Office 2007different now?Office 2007One possibility is that most upper middle class Democrats, and therefore most Microsoft OfficeOffice 2007 keyeditors and reporters of our nation's big papers as well as Office 2007 downloadtelevision producers, are Obama supporters who think that Hillary should hurry up Office 2007 Professionaland drop out of the race already.Microsoft outlook
Microsoft outlook 2010Whom elite liberals are pulling for really does shape political coverage in ways

fashion jewelry wholesale disse...

fashion jewelry
fashion jewelry wholesale
wholesale fashion jewelry
china jewelry wholesale
china fashion jewelry
jewelry wholesale china
fashion jewelry china