28 julho, 2007

Governo virtual

O Ministério da Justiça criou um centro de mediação de conflitos e arbitragem no Second Life. Está certo. Como não consegue resolver os crónicos atrasos do nosso sistema judicial, alguém deve ter dito ao ministro Alberto Costa que talvez fosse melhor alhear-se de vez da realidade e criar uma ilha no jogo da vida virtual. Fica a consolação provinciana de que “somos os primeiros”. Pois, por alguma razão mais ninguém se lembrou de colocar o sistema judicial a regular um jogo de computador...

Aparentemente, ninguém no governo terá reparado no ridículo que é criar uma mediação de conflitos virtual ao mesmo tempo que se deixa, todos os anos, prescrever milhares de processos e outros milhares se arrastam por tempo indeterminado. Processos que custam dinheiro a sério, e não trocos virtuais. Que contam na vida das pessoas e na economia do país.

Este gesto, aparentemente insignificante, é uma das melhores metáforas sobre o “moderno” estilo de governação de José Sócrates. Mediar o quê e para quê? Não importa, o que conta é a forma e a forma é como aparece nas notícias. Dá a ideia de que somos modernos e tratamos a tecnologia por tu. Depois, se não houver ninguém para encher as salas virtuais, não há problema: contrata-se uma agencia de casting virtual. Se não existir, melhor. Ainda vamos a tempo de criar uma e dizermos que, mais uma vez, estamos no pelotão da frente. 


ps: Sobre os verdadeiros números do Second Life, vale a pena ler este artigo da Wired 

5 comments:

GWB disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
GWB disse...

Muito bem vista esta entrada.
E, não nos esqueçamos que é o dinheiro dos cidadãos que irá financiar o tempo gasto por estas criaturas, que irão se dedicar aos "avatars".
Quem será o privilegiado do gabinete do ministro que irá brincar o dia todo às mediações no SL?
É um grande benefício poder enfiar-se num mundo de faz de conta, sem dúvida, enquanto a realidade dói cá fora.
Se calhar é o que o Governo Sócrates pensa de tudo. Não distingue os humanos dos avatars e pensa que tudo é um jogo. Aplicam o que aprenderam sobre gestão em algum jogo de computador onde o fundamento do jogo era conter o défice, e onde pouco importava a vida dos cidadãos.
E, mesmo que os cidadãos barafustassem, não havia nada de mal - é um jogo.
Sócrates que se cuide, porque o seu governo nas próximas eleições ainda recebe um "game over".

Jam disse...

No outro extremo, é deprimente a reprovação recorrente da Ordem de Advogados a qualquer tentativa, por parte de advogados, de formar centros virtuais (e até físicos) deste género. Se o virtual pode ser exagerado, não é mais do que uma extensão da sua 'doutrina' em relação a "lojas" de advogados, que fomentam uma maior proximidade e abertura, que se nota quando estão em causa questões mais 'simples'.

Luísa disse...

concordo. bom post.
ainda por cima o second life, pela sua lógica de funcionamento, tende a reproduzir a realidade não-virtual. na volta, tb lá os processos vão acumular.
acrescento q fiquei receosa de q alberto costa se dedique a jogar simcity durante o próximo mandato.

disse...

提供google排名产品,包括google排名服务,众多的google排名信息、google排名咨询,尽在google排名网。
角钢货架,万能角钢货架,南京货架
轻型货架,北京货架,托盘包装
中型货架,中量型货架,置物柜
重型货架,重型仓储货架,上海货架
托盘货架,上海货架厂,小推车
横梁货架,横梁式货架,塑胶托盘
阁楼货架,阁楼式货架,货位式货架
密集架,深圳货架厂,推车
悬臂货架,悬臂式货架,广州货架厂
贯通货架,贯通式货架,卡板
通廊式货架,深圳货架,苏州货架
驶入式货架,广州货架,浙江货架
流利条,天津货架,沈阳货架
江苏货架,无锡货架,天津木托盘
杭州货架,宁波货架,熏蒸木托盘
济南货架,青岛货架,蜂窝纸托盘
重庆货架,广东货架,食品托盘
货架公司,成都货架,塑料卡板
货架厂,货架设计,货架设备
仓储货架,货架厂家,货架网
移动货架,移动式货架,货架制造
货架加工,货架配件,生产货架
服装货架,货架制作,销售货架
货架价格,货架图片,展示货架
仓库货架,库房货架,精品货架
图书货架,音像货架,百变货架
物流货架,商场货架,线棒货架
东莞货架,设备货架,不锈钢货架
抽屉式货架,重力式货架,立体货架
模具架,钢平台,档案密集架
超市货架,收银台,超市设备
线棒,仓储物流设备,园林垃圾桶
塑料垃圾桶,上海物流设备,药品柜
分类垃圾桶,物流设备有限公司,陪护椅
垃圾桶,物流设备公司,医用消毒柜