25 novembro, 2007

O Anarcómetro ou o Delegado Zero


Alguns comentários, nomeadamente os do Nuno Castro, perguntam-me em que é que "isto" se distingue do anarquismo. Não vou responder directamente. Não tenho nenhum Dicionário das Doutrinas à mão e temo que se fôssemos os dois consultar o dito, ainda assim, teríamos que primeiro nos entender sobre que anarquismo falamos. Entretanto, e para encurtar caminho, adianto desde já que não me faz confusão que "isto" se tome por anarquismo.

Convenhamos, ainda assim, que já aqui dei um exemplo concreto do que entendo ser um grão na engrenagem que consagra a figura de "liderança" na vida política: a primeira fase do BE, quando o partido se afirmou como uma força que falava a mais do que uma voz. Trata-se de um exemplo não muito significativo e seguramente com contradições – mas também não estamos à espera que se possa tomar partido sem elas – mas trata-se de um exemplo que se quis desviar da celebração da figura do dirigente político. A mesma renitência podia ser encontrada no partido ao lado: refiro-me à recusa da direcção do PCP, sobretudo nos anos 80, em resumir a sua vida política ao rosto do seu líder, recusa que terá sido recentemente abandonada a julgar por todo o marketing que o partido desenvolveu em torno de Jerónimo de Sousa.

Último exemplo. Este, porém, ainda actual. Se olharmos para o zapatismo, podemos ver que aí se afirma a recusa de uma heroicização da vida política. De forma algo dilemática, é certo, o delegado zero esconde o seu rosto; e isto, e ainda que todos saibamos a importância da aura romântica de Marcos na história do neo-zapatismo, tem pelo menos o condão de não elidir o problema da corrupção da democracia às mãos da representação.

15 comments:

Nuno Castro disse...

ó Zé, não estarás a pedir chuva?
é que não se percebe patavina da tua resposta.
Sabes como é que os esquerdistas mexicanos chamam ao comandante marcos actualmente? se calhar sabes, mas nunca é demais lembrar: comediante marcos.

o "isto" vem resumido na seguinte fórmula que eu nem sequer sei se reconheces a enormidade do que estás a dizer: "a corrupção da democracia, para mim, reside no facto de termos líderes."
very anarchistic! Mas se quiseres explicar que raio quer isto dizer, penso que o país te agradecia.

Porque se é isto que vegeta (e conheço outros) no Bloque, então tenham medo! tenham muito medo!

Zé Neves disse...

Caro Nuno Castro,

Não sei o que é o Bloque. E, por favor, pare de usar a adjectivação de anarquista como prova de alguma coisa. Já lhe disse que não me incomoda a dita adjectivação, ainda que não enfie o carapuço.

Se ainda não percebeu patavina, então deve ter sido por sorte que focou a formulação mais "radical" entre as que eu dei. Na verdade, o Nuno percebeu.

Mas, aind assim, volto-lhe a explicar: eu julgo que a democracia representativa, aquilo do parlamento, é uma realidade que não é indispensável à vida política em sociedade e creio que existem outras possibilidades de democracia. Essas outras possibilidades - comunas, formas de democracia directa, arremedos institucionais como o orçamento participativo, dispositivos históricos como os sovietes de que o seu amigo Zizek tanto gosta - não são para mim elementos meramente "complementares" da democracia representativa se não que a possibilidade de uma revolução política. Dei-lhe o PREC como exemplo.

Quanto ao Marcos, folgo em saber que se revê nos esquerdistas mexicanos, ainda que valha a pena saber de que esquerdistas fala. Mas, já que prefere falar do México, lembro-lhe a comuna de Oaxaca, com a qual o zapatismo nem sequer manteve as melhores relações.

Nuno Castro disse...

Ó Zé, deixa lá de quecalhices (também não sei que seja, mas desconfio sempre do purismo linguístico) trata-me por tu, ou mesmo por nuno, e explica lá o que queres dizer com essa dos líderes e da corrupção da democracia. E nem fiques abespinhado por achares que se trata de uma formulação radical. Não é nada disso. Trata-se é de uma formulação inócua. E isso preocupa. Mas preocupa apenas porque és uma pessoa de relevo no BE e que tens um papel - assumido ou não - como porta-voz de uma das suas tendências internas (porque há várias, como sabes melhor do que eu).
Se não queres dizer rigorosamente nada com isso, pronto, também não vem mal nenhum ao mundo. Mas que me cansa ouvir estas atoardas da boca de tantos que não sabem muito bem o que pretendem com elas...Bom, é tempo da gente (outro preciosismo linguístico) esclarecer as coisas, para que elas não fiquem a ser os signos vazios de que falava a Weil num dos seus textos (lindos!).

Agora, quanto ao Zizek e à minha amizadde...isso é com peixe o gajo que aparece de vez em quando lá pelo berloque qualquer. do zizek gosto das coisas sobre sexo e mulheres. e é quando as percebo. seja como for, rejeito o elogio porque não me vejo sequer a tocar a fímbria da túnica do zizek. sou uma pessoa modesta; o que falta mais por aí!

concluindo, não estejas tão na defensiva. porque é claro que o meu repto pelo esclarecimento ficaria sempre para um texto maior. quando te apetecer, claro está. e só o peço, porque tenho interesse nele e não por qualquer espécie de ressaibo incisivo.

o bloque, é uma tendência vazia dentro do Bloco.

Zé Neves disse...

caro nuno

não o tratei por tu porque não estava a ligar a sua cara ao seu nome. continuo a não ligar. mas também prefiro assim, tu-cá-tu-lá com os primeiros-ministros da Europa, como dizia o outro.

Eu não percebi mesmo o que querias dizer com o bloque. Agora já percebo. Dizes que eu sou figura de relevo no seio do BE e que sou porta-voz assumido ou não de uma das suas tendências. Presumo que te refiras aos amigos da associação Manifesto, com a qual trabalhei no âmbito da revista entretando falecida.

Ora, eu não sou mesmo militante do BE, embora venha sendo seu eleitor e tenha participado em algumas iniciativas do BE. A tua preocupação com o estado do BE, pelo que vejo, é bem maior do que a minha.

Quanto à frase em que teclas outra vez. Se regressares ao post, verás que eu dizia que existem duas críticas a fazer à democracia representativa: uma é a crítica dos seus líderes corruptos; outra - a que julgo mais crucial - é a crítica à própria ideia de liderança que está associada à democracia representativa ou, se quiseres, e se quiseres ir ler o Zizek para além das mulheres e do sexo, à democracia parlamentar, burguesa, etc. e outros chavões. Essa é a corrupção (no sentido corrosivo) que requer não uma crítica localizada neste ou naquele candidato mas sim na própria dinâmica lógica da representatividade política. Não é preciso ser anarquista para o dizer e, se quiseres, a recuperação do "mistério do ministério" feita pelo Bourdieu no Poder Simbólico é já uma boa referência bibliográfica para os meus disparates.

Um abraço.
E voltarei por certo ao zapatismo.

Nuno Castro disse...

e só uma pergunta: até onde levas tu a crítica à liderança? Serve só para a democracia representativa ou estende-se por qualquer contexto organizacional? é porque na primeira, confrontamo-nos com os problemas da representatividade, e sim, da heterodeterminação. E na segunda? E quando é que uma liderança é boa? justamente porque orienta ou porque cartografa ou porque imagina - ou não consegues atribuir esse papel a uma liderança? Não estás tu, muito habermasianamente, a tentar racionalmente liderar o debate?
e se toda a liderança te chateia, então estás de facto a assumir um anarquismo radical. Se não for o caso, não seria mais correcto dizer que o que corrompe a democracia será, porventura, e aceitando as tuas premissas - sim, de Zizek, e também de um Ranciére ou em certa medida de um Badiou ou Balibar e, obviamente, de um Marx - a representatividade?
(já agora, não menosprezes o zizek sobre mulheres e sexo!)
mas se assim é, pede-se clareza conceptual. se assim não for, o teu será aquele grito meio compungido meio apologético contra o poder em qualquer das suas formas.
e já agora: não há liderança nos exemplos que elencaste atrás?

Zé Neves disse...

nuno,

há liderança nos exemplos que referi. e, sinceramente, não tenho uma resposta certa para a tua pergunta. mas à partida, neste debat,não distinguiria enfaticamente a organização política estatal de outras esferas organizacionais. A necessidade de liderança pode e deve ser questionada em variadíssimos contextos. Estou-me a lembrar, por exemplo, da democracia corinthiana, um exemplo num campo (o futebol profissional) que é sem dúvida um daqueles onde mais se tem cultivado a figura do líder.
Voltarei a isto com mais tempo...

Anónimo disse...

Welcome to our company which sells all kinds of maple mesos, very cheap mesos, and the more cheap mesos. If you have to buy some maplestory mesos, please come to our company, we can give you the best maple story mesos and best service.

Anónimo disse...

I know the game from my friends and first my friends give me a lot fiesta Gold and after that i go to earn the fiesta money alone, i find that the fiesta online gold is very interesting and then i like to buy fiesta Gold alone very much. Sometimes i will give some fiesta online money to my friends too.So i think if you join us to play the game you will like the game too.

Anónimo disse...

When you have aoc gold, you will become strong. With cheap aoc gold, you can upgrade and admire by others. You can use conan gold to start the journey of the world. So, do not hesitate, let us move to buy age of conan gold
, and then you can get a lot of aoc money.

Anónimo disse...

It is the silkroad gold which make me very happy these days,
my brother says sro gold is his favorite games gold he likes,
he usually buy some silkroad online gold to start his game
most of the time he will win the silk road gold back and give me some cheap silkroad gold to play the game.

Anónimo disse...

It is the 2moons dil which make me very happy these days, my brother says 2moons gold is his favorite games gold he likes

, he usually buy some 2moon dil to start his game and most of the time he will win the buy 2moons dil back and give me some cheap 2moons gold to play the game.

Anónimo disse...

Once I played 2moons, I did not know how to get strong, someone told me that you must have 2moons dil. He gave me some 2moons gold, he said that I could buy 2moons dil, but I did not have money, then I played it all my spare time. From then on, I got some 2moon dil, if I did not continue to play it, I can sell cheap 2moons gold to anyone who want.

Anónimo disse...

福~
「朵
語‧,最一件事,就。好,你西.............................................................................................................
..................

disse...

提供google排名产品,包括google排名服务,众多的google排名信息、google排名咨询,尽在google排名网。
角钢货架,万能角钢货架,南京货架
轻型货架,北京货架,托盘包装
中型货架,中量型货架,置物柜
重型货架,重型仓储货架,上海货架
托盘货架,上海货架厂,小推车
横梁货架,横梁式货架,塑胶托盘
阁楼货架,阁楼式货架,货位式货架
密集架,深圳货架厂,推车
悬臂货架,悬臂式货架,广州货架厂
贯通货架,贯通式货架,卡板
通廊式货架,深圳货架,苏州货架
驶入式货架,广州货架,浙江货架
流利条,天津货架,沈阳货架
江苏货架,无锡货架,天津木托盘
杭州货架,宁波货架,熏蒸木托盘
济南货架,青岛货架,蜂窝纸托盘
重庆货架,广东货架,食品托盘
货架公司,成都货架,塑料卡板
货架厂,货架设计,货架设备
仓储货架,货架厂家,货架网
移动货架,移动式货架,货架制造
货架加工,货架配件,生产货架
服装货架,货架制作,销售货架
货架价格,货架图片,展示货架
仓库货架,库房货架,精品货架
图书货架,音像货架,百变货架
物流货架,商场货架,线棒货架
东莞货架,设备货架,不锈钢货架
抽屉式货架,重力式货架,立体货架
模具架,钢平台,档案密集架
超市货架,收银台,超市设备
线棒,仓储物流设备,园林垃圾桶
塑料垃圾桶,上海物流设备,药品柜
分类垃圾桶,物流设备有限公司,陪护椅
垃圾桶,物流设备公司,医用消毒柜

Apa Saja Dah disse...

Find and download that you need at Rapidshare Search Engine.
Top Site List Free Proxy Site Free Download mp3 Michael Jackson song All Michael Jackson Lirics Oes Tsetnoc Mengembalikan Jati Diri Bangsa Download Mp3 Gratis