06 Fevereiro, 2008

Foi você que falou em populismo?

Ontem foi dia de José Miguel Júdice na Sic. Começou a chamar "populista" e "gordo" a Marinho Pinto, comparando-o com Mussolini e Chavéz. Dada a salganhada ideológica, deduz-se que o termo de comparação é mesmo a proeminência da barriga. O tempo das ideologias já lá vai, pelo menos para Júdice, e nada como apontar as características físicas do adversário para marcar pontos na argumentação. Mas o melhor veio mais tarde, na edição da noite, onde tentou explicar como é que um restaurante de luxo, com uma localização ímpar no alto do parque mais central da capital, paga 500 euros de renda à câmara. Não explicou, é certo, mas nem por isso gostou de ver Teresa Caeiro lembrar que o ex-bastonário dos advogados é um dos sócios de tão suculento negócio. Uma"insinuação lamentável", disse, ainda por cima vinda de alguém que tem uma "relação íntima com um dos sócios". Nada como uma insinuação sobre a vida privada para combater uma crítica pública. Júdice anda preocupado com a figura que os outros andam a fazer. Devia olhar melhor para o seu exemplo e deixar as lições de moral, carregadas de insunuações, de lado. É que nem chega a ser populista. É só marialva.

24 comments:

Nuno disse...

11 almoços, com menus de degustação, eram há uns tempos, contaram-me, suficientes para pagar a renda de um mês inteiro.

Nuno disse...

Peço desculpa, mas explicou!
O terreno foi cedido via concessão durante 20 andos com renda de €500. Os sócios construiram o edificio que no fim da concessão fica prpopriedade da câmara! O q falta explicar?
Qto às criticas ao BA tb as achei ridiculas!

Pedro Sales disse...

Nuno,

Não convence ninguém. Findos os 20 anos, como é normal acontecer, uma vez que a CML não tem vocação para chefe de cozinha, a concessão é renovada. Com outros valores, presumo, mas o investimento continuará a ser amortizado. Mas mesmo que não seja. Façamos contas. 2 milhões de euros a dividir por 20 anos dá 8500 euros por mês. Mais os 500 da renda são 9000. Desculpe lá, Nuno, mas 9000 euros por mês paga uma qualquer loja no COlombo com um décimo da área do Eleven e com receitas incomparáveis. Por qualquer ângulo que o homem explique, aquilo é um roubo e se´ra sempre um roubo.

E que não explica o essencial (e aí, concedo, o Júdice não tem nada a dizer, mas sim o Santana e Carmona). Que interesse é que a CML tem num restaurante de luxo naquele espaço? E logo para receber 500 euros? Não traz vida para o local, não dinamiza o usufruto do parque por quase ninguém. É um disparate pegado e que deixa as mais que legítimas dúvidas sobre a transparência da coisa. Ou isso ou é mesmo de uma confrangedora incompetência. Não sei o que é que será pior.

Diana disse...

A que eu achei mais engraçada foi a de que Marinho Pinto seria o candidato da esquerda contra Cavaco Silva nas próximas presidenciais.

Nuno disse...

A renovação da concessão já é especulação, embora seja legitma de se fazer dado o "estado da nação"! Espera-se q uma das coisas a fazer por este executivo da CML seja uma correcta gestão do património!
Qto ao caso concreto (após fazer as contas)concedo q a renda seja demasiado baixa estando-se a beneficiar privados(q não precisam daquilo para viver, precisavam antes era de pagar mais impostos).
O q me leva a perguntar qtos mais casos como este haverá poor este país fora?

Lino José disse...

A propósito de rendas baixas e de rendas miseráveis o que eu tinha curiosidade era de saber o que pensa o demagogo do Sá Fernandes das rendas miseráveis de 20, 30, 40 euros que há décadas muitos senhorios são OBRIGADOS a cobrar.

Trata-se, evidentemente, de forçar esses senhorios e darem todos os meses um subsidio do seu bolso a pessoas que só conhecem por via contratual.

Trata-se além do mais de um ROUBO DESCARADO aos seus rendimentos e às suas expectativas quando dquiriram os imóveis para deles tirarem um rendimento para a velhice.

Auestão das rendas antigas é das questões mais miserévais, diria mais, nojentas que caracteriza estes socialista da trampa. Digo socialistas da trampa, porque só sabem fazer "socialismo" à custa do dinheiro e dos rendimentos dos outros, que não dos seus que estão mais do que garantidos por via do orçamento de estado.

Surpreende-me muito (ou talvez não) esta indignação do hipócrita do Sá Fernandes em relação a rendas de 500 euros quando o hipócrita do Louçã, a propósito da actualização (mais do que justa) das rendas antigas (e muito mais miseréveis que os tais 500 euros) disse que desse modo os senhorios "ficavam com a faca e o queijo na mão".

Anónimo disse...

Sá Fernandes , tenta pôr um pouco de ordem na casa, e logo se levantam um coro de vozes a prostestarem....

A Camara cede espaços publicos para serem explorados a troco de uma renda.

O Eleven se comprasse o terreno numa zona nobre da cidade, para construir um restaurante de raiz quanto gastaria....

500 euros de renda é ridiculo, tal como os 1.000 que paga o campo de Tenis na mesma zona.

E é só disso que se trata, cobrar o justo valor pelos espaços, dar a concessão a espaços abandonados, e cobrar rendas onde isso nem sequer é feito.

Mas como se vê até temos conversa, sobre as rendas baixas, em muitos casos de predios sem obras á decadas, ás vezes sem casas de banho, mas isso é outro tema, e só quem quer atirar poeira para os olhos, mistura situações que nada têm de comparaveis.

Veja-se alguns casos de locais que há 3 e mais anos não pagavam nada....

A pergunta que se pode fazer é o que andou a fazer o vereador Antonio Proa do PSD.

Lino José disse...

Anónimo

se os prédios não têm obras à décadas é porque o Estado ROUBOU os rendimentos dos senhorios, legitimos proprietários e que pagam impostos pelas suas propriedades, impedimdo-os de as gerirem e de as requalificarem, porque as rendas miseráveis que recebm pura e simplesmente nem para levantar um andaime chegam .

O que se passa é isto : os chuchialistas da treta, demagogos e hipócritas todos eles, obrigarem os senhorios a abdicarem de 90% do seu rendimento em favor dos inquilinos. E eu pergunto : porque é que os chuchialistas, nomeadamente os que estão repimpados na AR não abdicam de 90% dos seus chorudos vencimentos e reformas em favor dos pobres inquilinos?

Não o fazem porque o "chuchialismo" sabe melhor quando é feito com o dinheiro dos outros e, sobretudo, quando à conta dele se garantem reformas vitalicias sem saber ler nem escrever.

Se uma renda de 500 euros é miserável o que dizer de rendas de 30 euros, por casas com 3 e 4 assoalhadas nos centros das cidades.

Os prédios pertencem aos senhorios ! Pagam impostos por eles ! É a eles que cabe determinar a renda que querem pedir por eles, não é ao Estado !

Se a sociedade quer proteger os inquilinos mais pobres é à Sociedade que cabe pagar os custos não a este ou àquele cidadão em particular seja ele senhorio ou não.

Há senhorios que subsidiam na casa das centenas de euros mês inquilinos que, muitos deles, nem disso têm necessidade !

Em face disto, toda a verborreia do demagogo Sá Fernandes à volta das rendas de 500 euros é isso mesmo : verborreia !!!!

Ele que se lembre que a maioria dos senhorios com rendas antigas são pessoasa de idade e, muitos deles, sem mais nenhum rendimento que aquele que expectavem receber dos seus imoveis e que o Estado lhes ROUBOU !

Anónimo disse...

o senhor lino josé - que pela conversa se situa à direita do espectro partidário - devia evitar expressões como chuchialismo ou chuchialistas, que foram usadas pelas esquerdas (designadamente pelo PCP) no contexto revolucionário. Era uma piada à falta de capacidade do PS para levar a cabo acções verdadeiramente revolucionárias e que servissem o povo. Daí gozarem, que não passavam de umas criancinhas, que ainda usavam chucha e daí o chuchialista, incapazes de fazer frente ao capital e que o capital venceria facilmente (o que aliás, era verdade). Não me parece que da sua parte uma expressão desse género faça sentido já que até os parece achar muito à esquerda (vá-se lá saber pq).

Lino José disse...

A Câmara de Lisboa vai ter de indemnizar o construtor do Tunel do Marquês em 17,8 milhões de euros, à conta das providências cautelares do Zé.

Clarto que o Zé, como os todos os progressistas encartados, não pensa meter um chavo do seu bolso no sentido de aliviar o erário público, neste caso os Lisboetas, das despesas por ele causadas em nome do mediatismo.

Continhas feitas são aproximadamente 30.000 redas do Eleven.

Paulo Mouta disse...

"Se uma renda de 500 euros é miserável o que dizer de rendas de 30 euros."

Ainda bem que temos pessoas conscientes do que é o país real! Tudo na vida é relativo e no entanto a verdade é sempre só e apenas uma. Existe efectivamente uma injustiça para com os donos de imóveis arrendados há muitos anos e cujos inquilinos nunca fizeram qualquer tipo de intervenção de melhoramento nas suas fracções. É injusto ser-lhes imputada a culpa de ter muitos desses imóveis em condições deploráveis. E aí devemos estar todos de acordo. Contudo dizer-se que 500 Euros é uma renda miserável implica estar a generalizar o que não pode ser generalizado. Em primeiro lugar ninguém é obrigado a arrendar. Em segundo lugar, quem arrenda hoje fá-lo ao abrigo de leis que não colocam reservas ou tectos superiores de valores de arrendamento, logo não vejo qualquer razão para a choradeira dos proprietários. Em terceiro lugar, muitos destes senhorios já não não os idosos mas os seus descendentes que à boa maneira portuguesa já queimaram todos os tostões que os pais lhes deixaram e agora não têm cheta para requalificar os seus imóveis mesmo que estes não estejam arrendados. Em quarto lugar, não nos podemos esquecer, existe o outro lado da questão, as largas centenas de milhares de pessoas (idosos sobretudo) que não sabem nem sonham sequem o que são reformas ou rendimentos de 500 Euros e que ainda por cima não são proprietários de coisa nenhuma.

É que esta questão dos 500 euros não nasceu aqui em vão. Ela vem de um caso concreto em que o estado, através da CML continua a fazer negócios completamente idiotas não tendo em conta o interesse do estado em si ou da população em concreto mas tomando sempre o partido da entidade privada que sai beneficiada. Enfim, nada de novo, faz lembrar as privatizações. Antes do seu anúncio toca a entupir as empresas de gastos e investimentos à custa do erário público para logo a seguir se vender por meia-dúzia de patacas aos privados.
Lá no fundo, em tudo isto o que muda é apenas o cheiro porque a merda é toda a mesma.

Nuno Góis disse...

Voltando ao Júdice e ao Marinho Pinto, devo dizer que até estou a gostar deste início de Marinho Pinto. O que concerteza frustrará bastante Júdice, pois só em palavras Marinho já fez mais do que Júdice em todo o tempo que lá esteve.
Quanto à demagogia de dizer-se que tem que apresentar provas e ir para os tribunais...poupem-me. Toda a gente sabe de quem ele fala, toda a gente os pode pôr em tribunal. A questão que Marinho coloca é a da facilidade com que estes se safam deixando ficar mal quem os tenta incriminar. E tem mais: Marinho Pinto é bastonário e pode contribuir muito mais assim do que se tiver que se demitir para poder passar a vida a levar processos avante que em pouco ou nada darão, ou apenas resultarão em processos (injustos) de difamação contra o próprio. E esta é que é a grande questão.

Lino José disse...

"Em primeiro lugar ninguém é obrigado a arrendar. Em segundo lugar, quem arrenda hoje fá-lo ao abrigo de leis que não colocam reservas ou tectos superiores de valores de arrendamento, logo não vejo qualquer razão para a choradeira dos proprietários."

Senhor Paulo Mouta

eu não falei dos contratos de arrendamento que se fazem actualmente e que não têm um tecto de renda nem uma duração ilimitada. Falo dos contratos de arrendamento antigos, cujas rendas foram congeladas durante anos a fio, por imposição do Estado, e que têm uma duração até à morte do inquilino.

Ou seja, o Estado obrigou os senhorios a "darem" as casas a outros cidadãos e limpou daí as mãos quanto ao assunto.

Os senhorios ficaram sem rendimentos, por um lado, e sem a capacidade financeira de tratarem dos seus imóveis.

Lembro que a grande maioria destes senhorios são cidadaõs que apostaram no mercado de arrendamento como forma de terem mais algum rendimento disponível, sobretudo na velhice. Foram miserávelmente ROUBADOS !

É a mesma coisa que o Estado se dirigisse a um grupo qualquer de cidadãos, por exemplo a si, senhor Paulo Mouta, e o obrigasse a abdicar de 90% dos seus rendimentos em favor do vizinho do lado que é pobre e não pode pagar uma casa.

Entretanto, os que demagogicamente se têm oposto ao fim desta injustiça, falo dos partidos de esquerda, nomeadamente o BE, e nomeadamente o senhor Louçã, são individuos, que não precisam de arriscar nada, uma vez que auferem pomposos vencimentos e têm a velhice mais do que assegurada, à custa dos nossos impostos, e mercê da sua actividade demagógica. São os Chuchialistas com o dinheiro dos outros. Ninguém os vê a darem um chavo para que um pobre possa pagar uma trenda de casa.

Os senhorios com rendas congeladas, têm mais dignidade num dedo do pé que todos os Louçãs deste mundo juntos, pois andam há anos a fio a subsidiarem DO SEU BOLSO (!) a habitação de muitos milhares de portugueses.

Não lhes peçam é que façam obras nos seus imóveis porque o que recebem deles nem dá para contratar uma mulher de limpeza.

Os hipócritas esquerdistas deram cabo do mercado de arrendamento; destruiram as legitimas aspirações dos seus proprietários, nacionalizaram-lhes os rendoimentos e os imóveis sem qualquer contrapartida; empurraram as pessoas para os braços dos bancos e depois têm a ousadia e a desfaçatez de virem reclamar que a Banca tem muitos lucros à custa do endividamento dos portugueses.

Paulo Mouta disse...

Caro Lino José,

penso ter ficado bem clara a ideia, no meu comentário, que existe uma injustiça real em muitos casos de contratos antigos de arrendamento. Estamos de acordo quanto a isso. Contudo, essa conclusão não pode nem deve levar à análise que acabou de fazer.

É evidente que a sua análise não é sequer objectiva pois trata-se apenas e só de uma posição política, de uma opinião legítima mas incorrecta.

Não espero que compreenda a visão de esquerda do que é a democracia, e de que esta não pode existir sequer como conceito se não houver uma justiça social e uma distribuição justa de riqueza. Ambos sabemos que a seguir ao 25 de Abril foram tentadas muitas coisas. Umas positivas e outra negativas. Não houve propriamente uma verdadeira experiência revolucionária em Portugal e, sendo assim, os grandes culpados pelo estado das coisas são os governantes do pós-PREC e nomeadamente o PS e PSD que são os inimigos do estado e que tudo fizeram para destruir as ideias e conceitos (e consecutivamente as acções) que estiveram na origem daquilo a que o Lino José considera como estado ladrão.

A verdade é essa mesmo. O estado, desde o final desse processo conturbado e com muitos erros transformou-se. Não por culpa do processo em si mas de quem o geriu no após. Os grandes culpados pela situação que coloca não não são as loucuras da extrema-esquerda, que as houve e que muito prejudicaram e puseram em causa o processo revolucionário. A culpa é dos dois "monos" partidários que se formaram nos interesses do após e do anti, como é tão fácil de perceber nos nossos dias.

Como sabe a situação que coloca é absurda. O estado não favoreceu ninguém em favor de outros. Aliás deveria tê-lo feito e não fez. Se o estado viesse querer roubar-me os tais 80% do meu rendimento mensal não daria para sequer 1 milionésimo do financiamento que o estado faz a entidades privadas que são contratadas e concebidas muitas vezes como monopólios para determinadas compensações de concessões.

Mais lhe digo que existe uma boa parte (embora admito que seja uma minoria porque o ser humano é uma merda na sua natureza)de inquilinos que, pagando rendas irrisórias, sempre cuidou de fazer melhoramentos e benefícios à propriedade do senhorio. DOu-lhe um exemplo real que conheço. Uma casa que custou há cerca de 40 anos 150 contos na sua construção, com cinco fracções diferenciadas, foi alugada cada fracção por 1000 escudos mensais. Ao fim de 30 meses a construção ficou paga. O inquilino mais antigo estava em 2007 com uma renda de 50 euros mensais. Caro Lino José, basta fazer contas. Não podemos ver as coisas apenas e só de um ponto de vista. Nos centros das grandes cidades principalmente Lisboa e Porto vive-se uma desertificação preocupante e perigosa. Concordo consigo que muitos dos proprietários não podem, com as rendas recebidas melhorar e requalificar as suas propriedades, mas não sejamos ingénuos. Muitos casos de degradação são por puro e simples desleixo e por espera que os inquilinos morram para aproveitar os números convidativos da especulação imobiliária.

Acredite que PS e PSD são os grandes coveiros de toda a justiça social neste país. Não culpe a esquerda, mesmo que esta do Louçã e dos novos amigos recauchetados no BE tenha tido algumas culpas nas loucuras cometidas no após 25 de Abril.

Anónimo disse...

Welcome to our company which sells all kinds of holic gold, very cheap holic money, and the more cheap holic gold. If you have to buy some holic online gold, please come to our company, we can give you the best holic online money and best service.

Anónimo disse...

Do you like the Asda Story money?I think that if you know it you will like it. You will also try your best to earn much Asda Story gold as you can.If you have it you can go to buy Asda Story Gold and then you can go to buy equipment to arm yourself. You can also get some cheap Asda Story gold from the game. Join us and play the game with us together.

Anónimo disse...

When you have aoc gold, you will become strong. With cheap aoc gold, you can upgrade and admire by others. You can use conan gold to start the journey of the world. So, do not hesitate, let us move to buy age of conan gold
, and then you can get a lot of aoc money.

Anónimo disse...

I am so happy to get some Perfect World Gold and the Perfect World Silver is given by my close friend who tells me that the Perfect World money is the basis to enter into the game.
Therefore, I should Buy Perfect World Gold with the spare money.
I gain some pw Gold from other players.
Then I share the cheap Perfect World Gold with my friends.

Anónimo disse...

It is the 2moons dil which make me very happy these days, my brother says 2moons gold is his favorite games gold he likes

, he usually buy some 2moon dil to start his game and most of the time he will win the buy 2moons dil back and give me some cheap 2moons gold to play the game.

Anónimo disse...

Once I played 2moons, I did not know how to get strong, someone told me that you must have 2moons dil. He gave me some 2moons gold, he said that I could buy 2moons dil, but I did not have money, then I played it all my spare time. From then on, I got some 2moon dil, if I did not continue to play it, I can sell cheap 2moons gold to anyone who want.

Anónimo disse...

看房子,買房子,建商自售,自售,台北新成屋,台北豪宅,新成屋,豪宅,美髮儀器,美髮,儀器,髮型,EMBA,MBA,學位,EMBA,專業認證,認證課程,博士學位,DBA,PHD,在職進修,碩士學位,推廣教育,DBA,進修課程,碩士學位,網路廣告,關鍵字廣告,關鍵字,廣告,課程介紹,學分班,文憑,牛樟芝,段木,牛樟菇,日式料理, 台北居酒屋,燒肉,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,住宿,訂房,HOTEL,飯店,造型系列,學位,牛樟芝,腦磷脂,磷脂絲胺酸,SEO,婚宴,捷運,學區,美髮,儀器,髮型,牛樟芝,腦磷脂,磷脂絲胺酸,看房子,買房子,建商自售,自售,房子,捷運,學區,台北新成屋,台北豪宅,新成屋,豪宅,學位,碩士學位,進修,在職進修, 課程,教育,學位,證照,mba,文憑,學分班,網路廣告,關鍵字廣告,關鍵字,SEO,关键词,网络广告,关键词广告,SEO,关键词,网络广告,关键词广告,SEO,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,居酒屋,燒烤,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,小套房,小套房,進修,在職進修,留學,證照,MBA,EMBA,留學,MBA,EMBA,留學,進修,在職進修,牛樟芝,段木,牛樟菇,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,住宿,民宿,飯店,旅遊,美容,美髮,整形,造型,設計,室內設計,裝潢,房地產,進修,在職進修,MBA,EMBA,關鍵字排名,網路行銷,关键词排名,网络营销,網路行銷,關鍵字排名,关键词排名,网络营销,羅志祥,周杰倫,五月天,蔡依林,林志玲,羅志祥,周杰倫,五月天,蔡依林,林志玲,PMP,在職專班,研究所在職專班,碩士在職專班,PMP,證照,在職專班,研究所在職專班,碩士在職專班,網頁設計,網站設計,網頁設計,網站設計,网页设计,网站设计,网站设计,网页设计

Anónimo disse...

福~
「朵
語‧,最一件事,就。好,你西.............................................................................................................
..................

disse...

提供google排名产品,包括google排名服务,众多的google排名信息、google排名咨询,尽在google排名网。
角钢货架,万能角钢货架,南京货架
轻型货架,北京货架,托盘包装
中型货架,中量型货架,置物柜
重型货架,重型仓储货架,上海货架
托盘货架,上海货架厂,小推车
横梁货架,横梁式货架,塑胶托盘
阁楼货架,阁楼式货架,货位式货架
密集架,深圳货架厂,推车
悬臂货架,悬臂式货架,广州货架厂
贯通货架,贯通式货架,卡板
通廊式货架,深圳货架,苏州货架
驶入式货架,广州货架,浙江货架
流利条,天津货架,沈阳货架
江苏货架,无锡货架,天津木托盘
杭州货架,宁波货架,熏蒸木托盘
济南货架,青岛货架,蜂窝纸托盘
重庆货架,广东货架,食品托盘
货架公司,成都货架,塑料卡板
货架厂,货架设计,货架设备
仓储货架,货架厂家,货架网
移动货架,移动式货架,货架制造
货架加工,货架配件,生产货架
服装货架,货架制作,销售货架
货架价格,货架图片,展示货架
仓库货架,库房货架,精品货架
图书货架,音像货架,百变货架
物流货架,商场货架,线棒货架
东莞货架,设备货架,不锈钢货架
抽屉式货架,重力式货架,立体货架
模具架,钢平台,档案密集架
超市货架,收银台,超市设备
线棒,仓储物流设备,园林垃圾桶
塑料垃圾桶,上海物流设备,药品柜
分类垃圾桶,物流设备有限公司,陪护椅
垃圾桶,物流设备公司,医用消毒柜

贝贝 disse...

The Tax Return Crack-Up<3>
Granted, there are usuallyMicrosoft Office 2010write-ups when presidential contenders make their tax returns available, but the coverage falls far short of the Office 2010
full court press (pardon the pun) that the Clintons have received. What's Microsoft Office 2007different now?Office 2007One possibility is that most upper middle class Democrats, and therefore most Microsoft OfficeOffice 2007 keyeditors and reporters of our nation's big papers as well as Office 2007 downloadtelevision producers, are Obama supporters who think that Hillary should hurry up Office 2007 Professionaland drop out of the race already.Microsoft outlook
Microsoft outlook 2010Whom elite liberals are pulling for really does shape political coverage in ways